Casa Brasileira 

A mostra inédita do ilustrador e artista plástico pernambucano Sirio Braz reúne 50 obras, entre desenhos, objetos e pinturas. Os trabalhos têm a moradia como inspiração, projetando a memória afetiva sobre o lugar que se habita.

As obras foram produzidas ao longo de quatro anos em diferentes técnicas, começando por colagens de impressos, assemblage (composição a partir de sobras de moradias) e esculturas que remetem a memorabílias.

O universo de Sirio Braz envolve diferentes temas, todos relacionados a partir de sua origem pernambucana, além de elementos referência presentes na história brasileira. Sua linguagem, parte barroca, parte urbana, abrange diversas iconografias que fazem referência à memória (ou a falta dela). Em pesquisa contínua sobre diferentes suportes, técnicas e formatos, Braz apresenta sempre novos elementos relacionados entre mapas e colagem.

o artista

Aos 16 anos entrou para o mundo da ilustração, com relevante carreira como ilustrador e designer gráfico. Por muitos anos desenvolveu seu trabalho profissional para as editoras Abril e Globo em publicações como Exame, Superinteressante, Vip, Playboy, Claudia, Época, Marie Claire, Globo Rural e Casa & Jardim.

No segmento editorial interagiu com historiadores e antropólogos como Miriam Goldenberg, com que fez uma parceria de longa data e passou a voltar seus trabalhos para o tema da morada. “Seu ensaio me ajudou a compor a imagem para a minha arte. Partindo do ponto de vista de diferentes personalidades dentro de uma existência, busquei interpretar o quanto de memória afetiva trazemos dentro de nós e projetamos no lugar em que habitamos. É no meio da técnica que reside a mensagem”, interpreta.

curadoria
André Venzon, coordenador da Galeria Ecarta

data
8 janeiro de 2022

visitação
Até 30 de janeiro de 2022, de terças a domingo, das 10h às 18h, seguindo os protocolos sanitários.

local
Galeria Ecarta (Avenida João Pessoa, 943, bairro Farroupilha, Porto Alegre – RS)

entrada franca