Orquestra Lux Sonora faz concerto beneficente de Natal

A Lux Sonora traz composições desde o período barroco até as canções mais atuais se utilizando de orquestra e vozes em uma linguagem emocionante através dos arranjos feitos especialmente para o grupo, valorizando a estética compositiva.

Após dois anos sem realizar concertos de Natal em decorrência da covid-19 o grupo retorna com os tradicionais concertos aproximando o público da música de concerto e ajudando as famílias necessitadas com arrecadação de alimentos e brinquedos.

a orquestra
O trabalho tem a direção artística de Rafael Marques e é composto pelos instrumentistas Adrian Terraza (Teclados), Bruno Santos (Flauta Doce), Cuca Medina (Canto), Danielle Chaves (Flauta Doce), Deizi Nascimento (Canto), Elizander Dutra (Fagote), Jean Lopes ( Violão), Lucas Rocha (contrabaixo), Luis Guerin (violino), Priscila de Souza (Viola) e Rafael Marques (Flauta Transversal).

A orquestra Lux Sonora foi criada em 2016 com a proposta de resgatar o repertório de câmara dos séculos XVI a XVIII, utilizando a instrumentação moderna para a performance tendo a música acima de qualquer paradigma sem perder a estética além de pesquisas feitas até o presente momento.

A orquestra sempre atuante no cenário artístico brasileiro já realizou concertos nos principais centros culturais do estado do Rio Grande do Sul onde destacamos as cidades de Porto Alegre, São Leopoldo, Canoas, Nova Prata, Pelotas, Bento Gonçalves, Novo Hamburgo, Brochier e nas cidades de Joinville (SC) e Minas Gerais na cidade do Carmo da Cachoeira, a Igreja Antiga Matriz São Miguel da cidade de Dois Irmãos, Musical Évora do Theatro São Pedro em Porto Alegre, Festival Música nas Igrejas organizado pela Casa da Música de Porto Alegre e a live vencedora do Prêmio Açorianos de Música de Porto Alegre na categoria ” Melhor live de 2021″.

A Orquestra traz em seus concertos obras do período barroco, período que inicia em meados do século XVI até meados do século XVIII marcado pela crise dos valores renascentistas, gerando uma nova visão de mundo através de lutas religiosas e dualismos entre o espírito e a razão o que reflete diretamente na música onde podemos destacar o seu apogeu tanto em profundidade estética quanto na elevação da técnica do contraponto com Johann Sebastian Bach.

 

data
9 de dezembro de 2022, 18h

local
Avenida João Pessoa, 943. Transmissão ao vivo pelo Canal do Youtube da Fundação Ecarta.

entrada franca
Um quilo de alimento não perecível ou brinquedo