Violas ao Sul em Canoas

No repertório:

Milonga blues (Oly Jr).
Desculpe meu filho (Oly Jr).
Portas dos sonhos (Mário Barbará/Sérgio Napp)
Das bandas do Poente (Valdir Verona)
Chamamé Blues (Valdir Verona)
Na volta que o mundo dá (Vicente Barreto/Paulo Cesar Pinheiro)
10 de Fole (Angelo Primon)
Lamento (Fernando Reis Jr.)
Maré baixa (Ivo Ladislau/Mauro Moraes)
Violas do sul do Brasil (Chico Saga/Mário Tressoldi)
Cantiga de eira (Barbosa Lessa)
Os homens de preto (Paulo Ruschel)

Links
https://www.youtube.com/watch?v=45kvnz2op5g
https://www.youtube.com/watch?v=cQQ_-6az2DU
https://www.youtube.com/watch?v=Xxt33amTkjg
https://www.youtube.com/watch?v=wf1bzBzdRcA
https://www.youtube.com/watch?v=lGCgJNl-S9Y

artistas

Natural de Caxias do Sul (RS), é músico com mais de 25 anos de carreira profissional, tendo trabalhado ao longo desse tempo com apresentações musicais em diversos formatos: solo, duos, trios, grupos, músico acompanhante, aulas de música, produções e direções musicais. Um dos maiores e mais atuantes representantes da viola no sul.

Arranjador, compositor, produtor musical, pesquisador da cultura do litoral norte do RS, integrante do grupo Chão de Areia, Bacharel em Música (cordas) pela Ufrgs, professor de violão, técnica vocal, teoria e harmonia funcional. É atualmente um dos compositores e músicos mais premiados nos festivais do Brasil.

Músico, compositor, produtor, destacado como um dos mais importantes instrumentistas de sua geração, com mais duas décadas, atuou ao lado de inúmeros artistas do Brasil e do Uruguai, tendo recebido o Prêmio Açorianos de Melhor Instrumentista em 2006 e 2008, pesquisa já há alguns anos as sonoridades orientais e populares, de instrumentos como a viola de dez cordas, viola de cocho, o oud árabe e o sitar indiano.

“Cantautor”. Atuante na cena musical desde 1998, tem 11 discos lançados, quatro Prêmios Açorianos de Música (2010 e 2012), participou de festivais nacionais e internacionais de blues, em coletâneas musicais do gênero, funde milonga com blues, explorador da técnica do slide, reconhecido como um dos mais atuantes e originais da cena blues do Brasil.

dia e horário
11 de novembro de 2017, 20h

entrada
1 kg de alimento não perecível

local
Teatro do Sesc Canoas (Rua Guilherme Schell, 5.340)

apoio